RÁPIDAS DA POLÍTICA – LÁ E CÁ

Em Brasília, a rodovia federal BR-020 é mantida limpa e bem cuidada em suas margens.
Em Planaltina, a Praça Jurandir Camilo Boaventura é lugar aprazível que reúne estudantes depois de abandonada pelo governo passado.

O governador Ibaneis Rocha já está vivendo seus dias de vidraça. Foi muita promessa de campanha para superar os adversários e agora veio a realidade. Escola sucateada não se arruma da noite para o dia, mas invasões de terras públicas começam da noite para o dia. Sáude não se arruma da noite para o dia, mas, doença acha-se toda noite e todo dia. Vê-se que prometer demais pode ser um tiro no pé.

O prefeito Eles Reis de Freitas já sabia do “pepino” que iria pegar e, por isso, não prometeu nada, senão que continuaria sua performance deixada a pouco mais de dois anos, quando perdeu as eleições para Dr. Davi. Agora, mesmo acossado pelo funcionalismo que quer e merece seus direito, ele navega com certa liberdade, buscando equilibrar as contas para atender outras demandas de há muito sacrificadas.

Desde o primeiro dia do novo governo do Distrito Federal (2019) o serviço de roçagem e cuidados com a limpeza de vias públicas não parou. Mesmo debaixo de chuvas e as rodovias, especialmente as federais (BR-020, BR-040, BR-060) são mantidas com o capim aparado e em perfeita condição de visibilidade. É a força do recurso federal que não pode deixar Brasília enfeiar-se. Um trabalho louvável e que salta aos olhos de quem chega à Capital Federal.

Avenidas, ruas e becos totalmente abandonados, tomados pelo mato. Foi assim que Reis encontrou Planaltina. O governo cassado (Dr. Davi) pelo Judiciário de Goiás, tinha abandonado a praça recém inaugurada, assim como cortara até a água que mantinha a Praça Jurandir Boaventura, a velha e única praça que tinha a cidade. Reis, graças ao bom tempo de chuva, viu recuperar-se a velha praça e reconstruíu com especial cuidado a nova praça que tinha se acabado.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta