VEREADORES E PREFEITO COM PROBLEMAS NAS CONTAS DE CAMPANHA

Professor Lincoln é um dos acionados, mas disse estar tranquilo.

O município de Planaltina, seguramente tem sido o município mais problemático para o Judiciário goiano nos últimos dez anos, bastante observar que a prefeitura foi ocupada por oito nomes em período não superior a dois mandatos.

Agora, já é de conhecimento público, o MP está dispensando atenção especial sobre o prefeito Cristiomário Medeiros, eleito a 15 de novembro de 2020 e empossado a 01 de janeiro deste ano, sob a alegação de que o prefeito teria abusado de poder econômico na campanha que o levou à vitória naquelas eleições.

Como se não bastasse, quatro vereadores estão também com problemas, cada um com sua particularidade mas, todos com as contas de campanha rejeitadas pela Justiça e sujeitos até a perderem seus mandatos.

O vereador Prof. Lincon, líder do governo na Câmara é um dos que foram alcançados pela Justiça e que terá de, depois de passado o período de acertos no âmbito local, ir recorrer no estado para poder continuar vereador.

Em conversa com nossa reportagem, Prof. Lincon disse estar preocupado, depois de cerca de vinte anos de trabalho político para ser eleito e, “não cometi nenhum erro e me ver, agora, passando por esta situação…”, lamenta.

No entanto o vereador disse confiar na Justiça e no trabalho de sua advogada a Dra. Cristiane Freitas, que até lhe recomendou resguardar-se quanto ao assunto, mas disse estar certo de que tudo será esclarecido. Enquanto isso, enfrenta o debate na Câmara defendendo as proposituras do executivo, liderado pelo prefeito Cristiomário que se encontra em situação semelhante.

Deixe uma resposta