terça-feira, maio 17, 2022
InícioPlanaltinaAUMENTO DA TAXA DE ILUMINAÇÃO NÃO PASSA

AUMENTO DA TAXA DE ILUMINAÇÃO NÃO PASSA

O governo municipal de Planaltina, liderado pelo prefeito Cristiomário Medeiros, o Delegado Cristiomário, perdeu mais uma investida tentando aumentar a Taxa de Manutenção de Iluminação Pública.

Em sessão legislativa tumultuada, o presidente da Câmara, Salvador de Paula pautara a pedido do novo líder do governo, Teleomar dos Santos, o Tel 100% Você, o projeto que já fora retirado de pauta no início do mês passado, o Projeto 015/2021, alterando com aumento da Taxa de Iluminação Pública instituída pela Lei 784/2009.

Isso ocorreu, ontem 10 de junho, depois de manobras do prefeito que, inclusive, para melhorar seu número de vereadores apoiadores do Projeto, trocou o Vereador Victor Dimba, levando-o para a Secretária Municipal do Trabalho, dando vaga para o conhecido suplente Ivan Bay Park e trocando o líder do governo na Câmara, substituindo o Professor Lincon, de primeiro mandato para o Tel 100% Você, que retornou a Casa depois de um mandato afastado e chegou socando a mesa, argumentando sobre “coragem para fazer política” e justificando a necessidade de aumentar o custo da taxa.

Do outro lado os vereadores oposicionistas somados aos independentes, liderados ora por Genival Fagundes (PL), ora por Juninho Oliveira (PROS) que sustentavam não ser o momento de “sangrar o contribuinte neste período difícil da pandemia” e mais, mostrava Genival, a prefeitura teve significativo aumento na arrecadação neste cinco meses de 2021.

Colocado o Projeto em primeira votação e veio a surpresa: empate de 8×8, tendo o presidente Salvador de Paula desempatado, votando “não” com a oposição.

O líder do governo, Tel 100% Você, frente a derrota do governo, primeira tentativa sua, retirou o Projeto da pauta, não permitindo a segunda votação.

“Estaremos atentos para não deixar que se aprove esta imoralidade”, disse o Vereador Juninho, contestando o líder do governo que argumenta a legalidade do Projeto, enquanto a oposição alega a inoportunidade, imoralidade da proposta.

Ainda vai ter retorno e, pelo que se apresenta, no momento o prefeito Cristiomário vai perder a parada.

“O carro da iluminação pública já tem combustível de sobra”, diz oposição.
RELATED ARTICLES

Deixe uma resposta

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

ANA C M S FIGUEREDO on DESTAQUE SOCIAL – Aninha Macedo –
Rock sem partido on O CARNAVAL FOI LIBERADO?
Terezinha on CORETO ABANDONADO
Terezinha on CORETO ABANDONADO
Edson Campelo de Amiranda on Ponto de Vista É PRECISO POLÍTICOS LOCAIS
Antonio de Pádua on Sobre
Antonio de Pádua on Sobre
Ceiça Nascimento on Sobre
LUCIANA FREITAS on Sobre
Tatiana Mourão on Sobre
admin on Sobre
Evando Meneses on Sobre