terça-feira, maio 17, 2022
InícioPlanaltinaTROCA TROCA NA CÂMARA

TROCA TROCA NA CÂMARA

Vereadores da base do prefeito Cristiomário e advogado pressionam o vereador Fagundes(PL), de máscara verde para votar alterações nos Códigos.

Os vereadores do município de Planaltina, cidade goiana do Entorno Norte do Distrito Federal e a 250 quilômetros de Goiânia, estão vivendo dias de intensa pressão, propiciada pelo prefeito Delegado Cristiomário Medeiros (PSL) que enviou à Câmara um pedido de votação em Sessão Extraordinária de dez matérias importantes, dentre elas alterações substanciais nos Códigos de Postura e Tributário municipais, merecendo reação indignada da oposição. (Matéria de ontem).

No intento de aprovar as matérias, contidas nos Projetos de Lei 09 e 10/2021, o prefeito está promovendo verdadeiro troca-troca de vereadores, oferecendo vantagens de cargos, inclusive Secretarias de Governo no município, como já o fizera na aprovação da nova Taxa de Iluminação Pública.

A resistência já expressa pelos vereadores Genival Fagundes (PL) e Juninho Alves de Oliveira (PROS) levou o vereador Wilson Gaúcho (PSDB) a retornar a sua cadeira, retirando o suplente Biro-biro, assim como o suplente Lindomar Castro (PRTB) assumiu a cadeira de Enivaldo Tinica (PRTB). As mudanças são vistas como negociata pelos moradores, já que tanto Gaúcho quanto Tinica foram eleitos pela oposição, já tendo o vereador Gaúcho recebido vantagens para votar aprovando a Taxa de Iluminação Pública e agora, Tinica vai no mesmo caminho.

O vereador Piloto (DEM) um dos apoiadores do Delegado Cristiomário de primeira hora, já tem o ex-prefeito e ex-vereador Ernandes como seu suplente, o que deve permanecer, tornando possível a maioria necessária para aprovar qualquer matéria.

“O prefeito tem de adquirir pelo menos um imóvel na cidade! Ele não é daqui, não vai ficar aqui e quer cobrar de nós, moradores, os impostos e taxas que ele não paga”, disse um morador a nossa reportagem.

Enquanto isso o vereador Genival Fagundes enfrentava um batalhão de vereadores da base governista, assessorados pelo advogado da prefeitura que buscavam convencê-lo da necessidade de se aprovar os pedidos do executivo.

“Não tem problema. Vamos lutar e se aprovarem, pedimos a anulação dos dois Projetos 09 e 10 ao Judiciário” comentou Juninho a nossa reportagem, enquanto Fagundes insistia que poderá fazer o mesmo, “já que querem desrespeitar o Regimento Interno e nos fazer de palhaço, inclusive com este troca-troca vergonhoso, vamos pedir vista de artigo por artigo dos Códigos, respeitando nosso cidadão, que não merece não saber as mudanças que estão sendo feitas” explicou o vereador.

RELATED ARTICLES

Deixe uma resposta

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

ANA C M S FIGUEREDO on DESTAQUE SOCIAL – Aninha Macedo –
Rock sem partido on O CARNAVAL FOI LIBERADO?
Terezinha on CORETO ABANDONADO
Terezinha on CORETO ABANDONADO
Edson Campelo de Amiranda on Ponto de Vista É PRECISO POLÍTICOS LOCAIS
Antonio de Pádua on Sobre
Antonio de Pádua on Sobre
Ceiça Nascimento on Sobre
LUCIANA FREITAS on Sobre
Tatiana Mourão on Sobre
admin on Sobre
Evando Meneses on Sobre