domingo, maio 22, 2022
InícioDestaqueIgrejas ajudam GDF no acolhimento de famílias durante a pandemia

Igrejas ajudam GDF no acolhimento de famílias durante a pandemia

Nesta quarta-feira (9), governador Ibaneis Rocha visitou a Igreja Batista Central de Brasília e foi recebido por representantes do segmento evangélico de todo o DF

Ian Ferraz, da Agência Brasília | Edição: Saulo Moreno

O papel social das igrejas e o acolhimento dado por elas às famílias durante a pandemia de covid-19 foram destacados pelo governador Ibaneis Rocha em visita à Igreja Batista Central de Brasília, na Asa Sul, nesta quarta-feira (9).

“Não canso de repetir que, sem o apoio da igreja, não conseguiríamos atravessar essas duas ondas e mais essa terceira onda de pandemia, que chegou com muita força”, afirmou o governador. “Não só do ponto de vista do atendimento, no que diz respeito à distribuição de cestas básicas, mas principalmente do acolhimento das famílias. A igreja teve um papel preponderante nesse acolhimento”, completou durante encontro com lideranças religiosas.

No encontro com as lideranças religiosas, o governador Ibaneis Rocha ouviu elogios para as decisões que tomou durante a pandemia e o acolhimento às igrejas | Fotos: Renato Alves / Agência Brasília

Ibaneis reuniu-se com dezenas de lideranças religiosas de todo o DF, entre elas o anfitrião do encontro, o pastor Ricardo Espíndola, da Igreja Batista Central de Brasília; o pastor Josimar Francisco, presidente do Conselho de Pastores Evangélicos do Distrito Federal (Copev-DF), e o pastor Chancerley Santana, coordenador-geral da Copev-DF. Pelo governo, participaram o secretário de Governo, José Humberto Pires, e o diretor-presidente da Biotic, Gustavo Dias.

“Um dos lugares que respeitaram o trabalho das igrejas foi o DF. Graças à sensibilidade do governador, tivemos esse trabalho aqui. Ele fechou quando precisou fechar e abriu quando pôde abrir. Não temos nada a reclamar, diferentemente de outros estados”, disse o pastor Ricardo Espíndola

Segundo dados da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), mais de 800 mil evangélicos vivem no DF, o que equivale a 30,8% da população. Um número expressivo e que, segundo o governador, tem direito a um diálogo aberto com o governo, assim como todas as outras religiões.

“Quando assumimos o governo, viemos num movimento de pacificação das igrejas. Existia um ambiente de muita conturbação no meio religioso do DF, uma desconfiança muito grande no que se diz respeito a governos anteriores. Tivemos governos que não conversavam com as lideranças das igrejas e nós invertemos essa chave. Passamos a receber todas as lideranças e a unir todas as igrejas e religiões”, acrescentou Ibaneis Rocha.

O pastor Ricardo Espíndola elogiou as medidas do governo no combate à covid-19 e o acolhimento às igrejas. “Um dos lugares que respeitaram o trabalho das igrejas foi o DF. Graças à sensibilidade do governador, tivemos esse trabalho aqui. Ele fechou quando precisou fechar e abriu quando pôde abrir. Não temos nada a reclamar, diferentemente de outros estados”, disse.

A regularização fundiária de templos religiosos e associações assistenciais também foi destacada no encontro. O pastor Chancerley Santana destacou os números e a evolução neste quesito com a atual gestão.

 

De 2009 a 2018 foram regularizadas 190 entidades religiosas no DF, número inferior ao registrado entre 2019 e 2021, em que 197 entidades receberam a escritura. “Esse é um gesto merecido e que teve um grande crescimento com o apoio do governador Ibaneis Rocha e de toda a sua equipe. Com as escrituras em mãos, as igrejas vão poder desempenhar seu papel social”, apontou.

RELATED ARTICLES

Deixe uma resposta

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

ANA C M S FIGUEREDO on DESTAQUE SOCIAL – Aninha Macedo –
Rock sem partido on O CARNAVAL FOI LIBERADO?
Terezinha on CORETO ABANDONADO
Terezinha on CORETO ABANDONADO
Edson Campelo de Amiranda on Ponto de Vista É PRECISO POLÍTICOS LOCAIS
Antonio de Pádua on Sobre
Antonio de Pádua on Sobre
Ceiça Nascimento on Sobre
LUCIANA FREITAS on Sobre
Tatiana Mourão on Sobre
admin on Sobre
Evando Meneses on Sobre