MARCUS HOLANDA RETOMA A LIDERANÇA

Durou pouco mais de 48 horas a decisão judicial que reencaminhou Euripedes Júnior à presidência do PROS – Partido Republicano da Ordem Social.

O Ministro Antônio Carlos Ferreira do STJ – Superior Tribunal de Justiça – em despacho de sete laudas considerou, “com toda vênia…” a decisão anterior de seu colega precipitada e, ato contínuo, reconduziu Marcus Holanda à presidência do partido em litígio.

A primeira consequência foi o retorno de Pablo Marçal a sua candidatura para Presidente da República e, naturalmente, a queda de Berinaldo Pontes da liderança regional de Brasília.

O momento de intenso trabalho do partido para as Eleições Nacionais de outubro próximo também surgiu como argumento do Ministro relator para manter Marcus Holanda na direção superior do PROS.

Deixe uma resposta