PROS REBATE NOTÍCIA PELA METADE

As ações na Justiça entre os dois grupos antagônicos do PROS, ora com Marcus Holanda no comando, ora Euripedes Júnior na direção cessou com a decisão do Ministro Lewandowski do TSE – Tribunal Superior de Justiça que, relatando sobre a matéria, reconduziu Euripedes Gomes de Macedo Júnior para o posto em disputa, qual seja o de Presidente do PROS, partido do qual é presidente fundador, pelo placar de 4 votos pro Euripedes X 3 votos pro Marcus Holanda.

No entanto a ala de Marcus Holanda, derrotada e não satisfeita, está preparando nova investida como, aliás, é de praxes nos embates democráticos encontrando, naturalmente, a resistência da ala de Euripedes, a agora condutora dos destinos do Partido.

Na última investida da ala de Marcus Holanda sobre o grupo de Euripedes Júnior,  ex-dirigentes do Partido acusam o atual presidente de ter rapado os cofres, tão logo assumiram o comando, realizando dois saques que totalizaram 1,2 milhões de reais. E mais, ameaçam levar o partido de novo aos tribunais, denunciando o feito para o Ministério Publico.

A reação dos advogados do novo PROS  foi contundente. Em carta aberta a população em geral onde explica que a má gestão do grupo de Marcus Holanda deixou de repassar para a Fundação  PROS, instituição criada pelo partido para investimento nas áreas sociais, especialmente na formação de lideranças politicas, causando sérios prejuízos no andamento dos projetos do Partido.

Euripedes Júnior  reassume e irá conduzir o PROS  na campanha que se aproxima.

A Carta do PROS (veja trecho abaixo) chamou o instrumento de Comunicação (Jornal/ Blog/Site) que publicou a acusação de leviano, já que noticiou uma situação administrativa sem ouvir a verdade dos fatos. Ou seja, notíciou pela metade, podendo ser chamada de fake.

“Os valores que se encontravam na conta bancária do PROS foram integralmente transferidos para a Fundação da Ordem Social, tal como manda a lei e a fim de extinguir a referida ação de cobrança. Ademais, cumpre destacar que as movimentações bancárias são protegidas por sigilo legal, e o vazamento do comprovante de transferência divulgado na matéria será objeto da devida apuração”.

Goiânia/GO, 11 de agosto de 22.

Assina:

Bruno Aurélio Rodrigues da Silva Pena OAB/GO n.º 33.670l

A luta interna do PROS ainda vai dar muita história mas, agora, Euripedes Júnior é o comandante ” in chef” do partido planaltinense.

Deixe uma resposta