domingo, maio 22, 2022
InícioPlanaltinaCOLETIVA DE IMPRENSA?

COLETIVA DE IMPRENSA?

 

COLETIVA DA IMPRENSA? Por * Nio de Pádua

São trinta anos passados desde o primeiro exemplar de O Recado, fanzine que mais tarde tornar-se-ia em O Recado News – Jornal da região – e inspiraria o surgimento de mais de uma dezena de novos pequenos veículos de comunicação em Planaltina. Começamos datilografado e xerografado, passamos a impresso PB, fomos para as cores e nos fixamos no formato germânico para, hoje, estarmos viajando com a internet e sempre defendendo o que achamos de positivo para a municipalidade planaltinense: coragem, determinação, honestidade, preservação ambiental, discrição, estudo e responsabilidade. O prefeito municipal que governava o município em 1987, quando iniciamos, era Adhemar Alves Borges, passamos por Lenir de Sousa e Silva, José Olinto Neto, Dirceu Ferreira de Araújo, Alexon Luiz Felix Dinha, novamente José Olinto Neto e Eles Reis de Freitas e todos, indistintamente, nos tiveram como imprensa local, assim como, acreditamos, os demais instrumentos de comunicação de massa existentes na cidade. Chegamos ao Dr. Davi e aí, monta-se uma assessoria de comunicação municipal que acha-se auto suficiente. Certamente por orientação do chefe do executivo que, na sua sapiência, entende que nós da imprensa local vamos trabalhar sob sua orientação e quando bem ele quiser. Não. Não escrevemos uma linha maltratando ao governo de Dr. Davi. Não é de nosso feitio agredir para depois aceitarmos afagos. Entendemos que nossos instrumentos locais de comunicação de massa merecem sobreviver, mesmo porque defendem, como nós, o que há de melhor para a cidade! O que deveria nortear aos nossos políticos. Agora, nos convidam para uma “Coletiva de Imprensa”. Ora, quando foi que nos chamaram antes para uma conversa sobre sobrevivência? Nós de O Recado News e pelo visto outros da mesma linhagem, não nos interessamos por informações prontas. Somos do campo, da busca por noticiar o que mais nos aflige, sem exageros, dentro do que há na imprensa responsável. Queremos e precisamos sobreviver como instrumentos de debate do povo e por isso temos tido a receptividade do comércio e dos políticos mais lúcidos. Iremos permanecer na trincheira da independência, defendendo que, primeiro trate-nos a todos com respeito e a deferência necessária, depois, vamos ver se podemos ir a uma Coletiva de Imprensa. Tenham todos um Natal de paz e concórdia e um Ano Novo de perdão e prosperidade. * Nio de Pádua é diretor geral e fundador do jornal O Recado News. orecadonews.com

RELATED ARTICLES

Deixe uma resposta

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

ANA C M S FIGUEREDO on DESTAQUE SOCIAL – Aninha Macedo –
Rock sem partido on O CARNAVAL FOI LIBERADO?
Terezinha on CORETO ABANDONADO
Terezinha on CORETO ABANDONADO
Edson Campelo de Amiranda on Ponto de Vista É PRECISO POLÍTICOS LOCAIS
Antonio de Pádua on Sobre
Antonio de Pádua on Sobre
Ceiça Nascimento on Sobre
LUCIANA FREITAS on Sobre
Tatiana Mourão on Sobre
admin on Sobre
Evando Meneses on Sobre