GOVERNO DE GOIÁS SAI NA FRENTE NA DF 128

Em 2014, ano eleitoral, diga-se de passagem, nasceu de algum candidato no Distrito Federal, a ideia de duplicação da rodovia que liga Planaltina em Goiás à rodovia federal BR 020, altura de Planaltina-DF. Pois bem. O período eleitoral passou, quem tinha de ser eleito o foi, os derrotados sumiram e o discurso ficou aí vagando e perturbando, especialmente, a aqueles que precisam da rodovia todos os dias. “Duplicação da DF 128, já” “Duplique esta ideia”. É bom que diga que, a DF 128 mantem-se até hoje com o mesmo asfalto que foi palco de sua inauguração. Isso, lá pelos idos de 1980, ou seja, há mais de trinta anos. A bem da verdade, operações tapa buracos realizadas anualmente pelo DER-DF, são responsáveis por manterem a via em relativo estado de conservação, permitindo que os trabalhadores de Planaltina e mesmo os ônibus possam fazer o trajeto de, aproximadamente, 20 quilômetros sem maiores problemas.

Mas, a “duplicação, já” reivindicada, serviu para que o Detran-DF instalasse 5 pardais, limitando a velocidade em 80 KM naquele percurso, diminuindo assim os acidente que atingiam índices alarmantes e fazendo com que a campanha perdesse o foco. Resumo: nada de duplicação na DF 128, que tem 90% de seu percurso dentro do Distrito Federal, apesar de usada em toda sua extensão, basicamente por trabalhadores planaltinenses. Houve quem, mesmo naquele momento de pedido de duplicação, com mais consciência dissesse “seria melhor fazer uma recuperação da DF 128. Um recapeamento mesmo”, mas a rodovia continuou a mesma.

Agora, já no início do período chuvoso, o governo de Goiás, através da secretaria competente, deu um passo importante para viabilizar a recuperação daquela rodovia. Isso porque a rodovia GO 430, que sai de Formosa rumo ao nordeste goiano, depois de alcançar o município de Planaltina e cruzar a GO-118, ganha a direção oeste/sul, encontrando, na divisa do DF com Goiás, na linha imaginária que divide as duas unidades, a DF-128.

Quem vem do Distrito Federal rumo a Planaltina pela DF 128 vai encontrar, a partir da ponte do rio Maranhão, que muitos acham erroneamente que se trata da divisa de Goiás com o Distrito Federal, um asfalto novo que está recebendo o acabamento final, permitindo uma subida suave ruma à cidade, onde antes era somente buracos e pista estreita. Aí está a provocação: Goiás sai na frente quanto à melhorias na DF 128.

Deixe uma resposta