MOAGEM EM ÁGUA FRIA DE GOIÁS

 

O município de Água Fria de Goiás comemorará seu trigésimo primeiro aniversário sem contar com suas tradicionais festas. Isso porque o atual chefe do executivo do município, prefeito Dr. Eduardo, fez opção por deixar de realizar a festança, que já há mais de dez anos acontecia gratuitamente, para construir muros no espaço do parque agropecuário, palco do evento. Mas, paralelamente, o município não para com suas atividades, especialmente por tratar-se de um município de grande potencial agrícola, base de sua origem e de seu reconhecido progresso. Daí neste mês de julho, férias escolares em Goiás, faz com que os produtores, cada um em sua atividade, mostre para os visistantes das famílias (estudantes, professores e outros do meio urbano) o labor que une a todos neste curto período de descanso. Na fazenda Pedra Preta, propriedade da família Paiva, acontece um dos encontros familiares bonito de se ver em torno da colheita (corta) da cana, moagem e a produção da rapadura, da batida, do melaço e do açúcar mascavo. Tudo nos moldes da tradição com o uso do carro de bois, do engenho puxado a boi ou cavalo e o fogo de lenha debaixo do tacho de cobre que fervilha na fornalha de adobe. Os Paiva recebem com deferência a todos os visitantes para um dia de moagem e isto, une família e mantém a tradição do que é bom no meio rural aguafriense goiano.

Deixe uma resposta