POLICIAIS SALVAM MARGINAL DA MORTE

Os policiais militares de Goiás, Sargento Milton Malta Campos, 45 e Cléo de Souza Fonseca,36 lotados no 21º Batalhão da Polícia Militar, Nascentes do Rio Maranhão em Planaltina, realizaram um salvamento sui generis em ação realizada em bairro da periferia da cidade.

Quando em patrulhamento pelo bairro Brasilinha 16, na região Sul de Planaltina, saída para o Distrito Federal os policiais foram chamados por moradores para verificarem a situação de um rapaz, depois identificado como Daniel Wesley da Silva Rocha, que encontrava-se ferido em estado grave.

O Sargento Malta, como de praxes, pediu para que fossem realizadas ligações para o SAMU e, depois, para o Corpo de Bombeiros, na tentativa de levar ao local um destes serviços, preparados para tal, e socorrer o rapaz. Nenhum dos serviços estava disponível no momento, obrigando o Sargento a usar de sua experiência.

“O rapaz estava sangrando pouco, mas vi que ele tinha uma perfuração de bala que atravessou seu corpo, tendo atingido um dos braços. A hemorragia era interna e o jovem ia morrer sem um socorro rápido”, explicou Malta a nossa reportagem.

Os policiais fizeram uso da própria viatura para transportar Daniel para o HSRC – Hospital Santa Rita de Cássia – unidade hospitalar do município de Planaltina, onde foi socorrido e salvo.

Fosse um cidadão comum que, muitas vezes são socorridos pela PM goiana, tudo bem, mas o Daniel Wesley é meliante com várias passagens pelas DPs do Distrito Federal e estava ferido a bala, certamente depois de uma briga com rivais de sua região.

O caso tomou importância quando o rapaz foi levado para casa, recebido pela família que agradeceu aos policiais e prometeu para os presentes, frente às câmeras de rede sociais que irá deixar o caminho do erro e procurar seguir os conselhos de casa.

 

Deixe uma resposta