EM FLORES, PREFEITO SOCORRE ASSENTADOS

As estradas ficam alagadas com mais de um metro de água.
Moradores fizeram uso do barco e agradeceram ao prefeito, Dr. Jadiel Ferreira.
O barco e coletes salva vidas para a mobilidade dos moradores sem correrem riscos.
A comitiva de recepção do equipamento e o Secretário representando o prefeito Dr. Jadiel.
Sem barco a estrada acaba aonde começa o rio que está fora da caixa a mais de três quilômetros.

O município de Flores de Goiás, localizado a cerca de 400 km da capital do Estado, Goiânia e a cerca 200 km de Brasília, está passando por antigos problemas sazonais, como a cheia de seus rios, além do enfrentamento da pandemia do COVID 19, o que tem levado o prefeito, Dr. Jadiel Ferreira de Oliveira a um esforço redobrado para manter os munícipes atendidos.

Esta semana, dia 28 de março,  a prefeitura fez a doação de um barco para os moradores do PA Cavalcante/Castanheira. O barco se prestará para a mobilidade dos moradores daquele assentamento rural que está ilhado pelas águas do rio Macaquinho, um dos afluentes do Paranã que, nesta época de chuvas sai de seu leito normal e invade as várzeas, colocando os ribeirinhos em situação de dificuldade de locomoção.

O prefeito Dr. Jadiel, preocupado com a situação, adquiriu o equipamento que foi entregue aos moradores pelas mãos do Secretário do Meio Ambiente, Fabiano da Silva Pereira, oportunidade em que moradores já fizeram uso do barco e agradeceram o pedido que fora feito no decorrer do ano  passado.

Deixe uma resposta