Aplicativo leva ao cidadão informações agropecuárias

Disponível para Android e iOS, o app Emater-DF informa preços oficiais da Ceasa, eventos, notícias e conecta produtor à assistência técnica e extensão rural

Agência Brasília* | Edição: Rosualdo Rodrigues

A partir de agora, qualquer cidadão pode ter acesso a informações sobre agropecuária, cotação oficial de produtos da Ceasa, eventos da Emater-DF, notícias agrícolas e muito mais diretamente no smartphone. O aplicativo Emater-DF, já disponível para os sistemas operacionais iOS e Android, pode ser baixado gratuitamente.

No entanto, no caso do produtor rural, são oferecidas informações específicas, tais como o Cartão do Produtor Rural, no formato digital, e documentos como a Declaração de Atividade, Declaração Ceasa e Declaração Conab. As declarações estão em fase de teste, mas nos próximos dias já estarão disponíveis.

“Com o aplicativo, as pessoas vão ter informações e serviços diversos sobre a agricultura no DF”, diz a presidente da Emater-DF, Denise Fonseca

A demanda para a produção de um aplicativo que pudesse suprir o cidadão em geral com informações sobre Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), eventos, além de documentos imprescindíveis ao produtor rural partiu da presidente da Emater-DF, Denise Fonseca.

Segundo a dirigente, como gestora pública, era imprescindível oferecer esse serviço ao cidadão e ao produtor rural do Distrito Federal. “O olhar do nosso governo é voltado para atender às necessidades de todas as pessoas que moram no DF”, afirma Denise.

“Como a Emater-DF tem uma relação direta com os produtores rurais, a gente acaba sendo esse elo entre o público rural e o urbano. Com o aplicativo, as pessoas vão ter informações e serviços diversos sobre a agricultura no DF”, acrescenta a presidente da Emater-DF.

O gerente de Tecnologia da Informação (Getin) da empresa, Fabrício Portes Braga, considera o aplicativo mais uma ferramenta de aproximação entre a Emater-DF e os produtores rurais.

Os desenvolvedores levaram em conta as demandas dos escritórios da empresa, experiências de outros aplicativos e o perfil dos produtores rurais do DF

“Além de ser uma conexão com o usuário, o aplicativo será o ponto de partida para agregar mais funcionalidades à ferramenta, como o auxílio na administração rural, controle de despesas e receitas da propriedade, previstos para o próximo módulo em desenvolvimento, que será a caderneta do produtor. Nosso sentimento é de felicidade por termos lançando esse aplicativo, que foi desenvolvido aqui dentro e é uma demanda antiga”, esclarece.

Fabrício Braga informou também que a próxima entrega será a integração com o assistente virtual (chat). Com essa ferramenta, em fase de contratação, o produtor poderá sanar dúvidas frequentes por meio de respostas automáticas, diretamente pelo WhatsApp, ou ser transferido, caso prefira atendimento humano. A previsão é que esteja em funcionamento até o final deste semestre.

Experiência do consumidor

No aplicativo Emater-DF todo o processo de construção levou em consideração o User Experience (UX, do inglês, experiência do consumidor). O UX releva questões funcionais e práticas, todo o lado emocional da experiência, as facilidades e as necessidades do usuário de acordo com o seu perfil.

Nesse caminho, os desenvolvedores levaram em conta as demandas dos escritórios da empresa, experiências de outros aplicativos e o perfil dos produtores rurais do DF.

“O app Emater-DF foi pensado para todos os cidadãos que tenham interesse em assuntos relacionados à agricultura, assistência técnica e extensão rural. Mas, ele oferece mais facilidades para os produtores rurais, que passam a ter um canal rápido e seguro, onde pode ter documentos, cotações. Nossa intenção é fazer o usuário ter todas as suas necessidades atendidas”, afirmou André Moraes, assessor da direção e um dos desenvolvedores do sistema.

Para usar o Emater-DF, basta acessar o Play Store para sistema operacional Android ou App Store, para o sistema iOS, da Apple. O usuário pode fazer um cadastro simplificado com nome e e-mail, no entanto, dados completos permitem uma navegação irrestrita.

*Com informações da Emater-DF

Deixe uma resposta