domingo, maio 22, 2022
InícioOpiniãoFINAL IMPREVISÍVEL

FINAL IMPREVISÍVEL

Por Nio de Pádua para O Recado News

Putin não é bom jogador sobre um tabuleiro não belicoso. Vê-se quando o Premier Russo resolve considerar as duas províncias Donetzc e Lugansk (estados) ucranianas como independentes, justamente os territórios que separam em grande parte a Ucrânia da Rússia asiática.

Foi uma iniciativa que jogava a Ucrânia nos braços da União Europeia, reduzindo a influência russa direta no seu vizinho que já namorava a CEI desde que elegeu democraticamente o “palhaço” seu presidente.

“Como recuperar este jogo? Chamo Bolsonaro? Será que ele vê melhor do que eu a próxima jogada?” Teria pensado o enxadrista russo. E lá foi Bolsonaro, visitou, olhou… “Eu sou solidário. Podemos ajudar muito na defesa…

Defesa… (Brincadeira, gente!)

Putin viu que, se não avançasse na marra seu espaço geográfico e mesmo, ideologicamente, sua linha de dominação (lembrando a antiga URSS), o Ocidente tornar-se-ia dominante também na Eurásia.

Era dormir e perder pacificamente o comando do mundo. Reagiu.

Putin irá perder, a política democrática é mais eficiente. O difícil é saber em que circunstância e quando Putin capitulará. Será ele?

Artigo anteriorO CARNAVAL FOI LIBERADO?
Próximo artigoVENDAVAL DE MADRUGADA
RELATED ARTICLES

Deixe uma resposta

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

ANA C M S FIGUEREDO on DESTAQUE SOCIAL – Aninha Macedo –
Rock sem partido on O CARNAVAL FOI LIBERADO?
Terezinha on CORETO ABANDONADO
Terezinha on CORETO ABANDONADO
Edson Campelo de Amiranda on Ponto de Vista É PRECISO POLÍTICOS LOCAIS
Antonio de Pádua on Sobre
Antonio de Pádua on Sobre
Ceiça Nascimento on Sobre
LUCIANA FREITAS on Sobre
Tatiana Mourão on Sobre
admin on Sobre
Evando Meneses on Sobre