CLDF debate criação do Parque da Pedra Fundamental em Planaltina

Planaltina abriga a pedra fundamental do DF, instalada em 1922

Francisco Espínola – Agência CLDF

A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) realiza audiência pública remota nesta quarta (11) para discutir a proposta que cria o Parque Urbano Pedra Fundamental, na região administrativa de Planaltina, que é a localidade mais antiga do DF. O evento tem origem em requerimento apresentado pelo deputado Cláudio Abrantes (PSD). Aberto à participação de toda a população, o encontro pela internet tem início previsto para às 19h30 e será transmitido pela TV Câmara Distrital no YouTube.

Foram convidados para a audiência pública o administrador regional de Planaltina, Antônio Célio Rodrigues; o secretário de Estado de Cultura, Bartolomeu Rodrigues; o presidente da Terracap, Izidio Santos Júnior; a diretora de Implantação de Unidades de Conservação do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), Carolina Lepsch Kenupp Amario; o superintendente do Iphan no DF, Saulo Santos Diniz; e Francisco de Assis Peres Soares, subsecretário de Programas e Projetos da Secretaria-Executiva de Cidades, órgão vinculado à Secretaria de Governo.

Também foram chamados a participar representantes de instituições como a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEDUH), a Superintendência da Secretaria de Patrimônio da União (SPU) e a Secretaria de Estado de Governo do DF.

O deputado Cláudio Abrantes afirma que “o parque chega para assegurar a proteção integral da flora e da fauna da área, conciliando essa destinação com sua utilização para fins educacionais e culturais”.

Pedra Fundamental

O debate terá como ponto de partida o projeto de lei complementar nº 87/2021, que cria o parque e foi proposto pelo parlamentar pessedista com dois objetivos principais.

Do ponto de vista histórico e cultural, o parque visa preservar o local da Pedra Fundamental. Ela foi inaugurada em 1922 como parte das comemorações do centenário da Independência do Brasil em uma colina localizada a 7 km do centro histórico de Planaltina. O local está situado dentro do quadrilátero do novo Distrito Federal demarcado pela Comissão Exploradora do Planalto Central – Missão Cruls.

Já sob a análise ambiental, a área passa a ser reconhecida como de importância vital para a qualidade de vida da população de Planaltina, garantindo uma conformação urbanística pouco adensada, com áreas verdes e destinadas para a recreação e o lazer ecológico.

Deixe uma resposta