MOTOS COM ESCAPAMENTOS IRREGULARES

“A legislação nunca foi impedimento, o que realmente estava faltando era uma tomada de posição que pudesse fazer valer o que determina a Lei”,  disse o Cel. Marcelo Almeida da PMDF sobre a nova orientação dada ao DETRAN-DF frente ao barulho das motos, que está cada vez mais alto e em maior número nas avenidas da Capital da República.

O CTB – Código de Trânsito Brasileiro trata com especial atenção o  barulho como um dos problemas dos veículos, dizendo textualmente que os veículos devem manter suas características originais de fábrica, não podendo ser alteradas sob pena de incorrerem em infrações que, cada uma tipificada gera multa e pontos negativos na CNH do condutor, se adulteradas.

As motos de serviço estão por toda parte em Planaltina.  Desde as pequenas até às 250 cl, as preferidas nos serviços .

Junta-se a isso o CONAMA – Conselho Nacional do Meio Ambiente – que determina após exaustivos estudos técnicos que, barulho que ultrapasse a casa dos 80 decibéis (db) são passíveis de multa por perturbarem o sossego público. Uma das características que o veículo deve ter e manter.

O governo do Distrito Federal, neste início de segundo mandato do governador afastado Ibaneis Rocha, está implementando intensa fiscalização, em especial nas motos que estão exagerando na falta de observação quanto ao barulho ensurdecedor, levando a toda população um grande desconforto frente ao estrondo dos escapamentos, que desrespeitam flagrantemente as determinações legais.

EM PLANALTINA

O modelo moderno, esportivo, pode trazer um escapamento aberto e aí um barulho acima do permitido.

Em Planaltina, cidade goiana de tradição no uso de motos para o trabalho e onde o serviço de entrega rápida tornou-se primordial nos negócios pós Pandemia da Covid 19, a população tem sofrido com a falta de respeito de expressivo número de condutores motociclistas.

“Já mandei devolver a pizza para uma fornecedora das mais respeitadas da cidade, devido o entregador chegar com o escapamento aberto. Não tenho mais ouvido para isso”, disse o senhor sem querer identificar-se à nossa reportagem.

“Estas motos que, nitidamente não são daqui, chegam de fora e fazem este barulho infernal na cidade são um desrespeito para com a cidade, as autoridades e o povo. Um absurdo!”, comentou o comerciante, preferindo não se expor.

“O trabalho que o GDF ora desenvolve, através da Polícia Militar Rodoviária buscando  fazer cumprir a Lei, especialmente no que diz respeito a regularidade dos escapamentos de motos, com certeza irá repercutir positivamente nas cidades do Entorno, dentre elas, Planaltina”, observa o Sgt. Agnaldo da PMGO.

 

 

 

 

Deixe uma resposta