Dr. DAVI E REIS SE ENTENDEM

Sentado na cadeira do visitante, Dr. Davi deverá, nas próximas horas, assumir a cadeira onde está Reis, voltando ao comando do município depois de mais de ano e meio afastado.
Davi com sua camiseta de águia, despojado, reassumirá no lugar de Reis que circunspecto, não teve tempo de produzir administrativamente o que pode.

Depois de um ano e meio fora da prefeitura, resolvendo no Tribunal Superior Eleitoral – TSE – o imbróglio que o afastou do cargo de prefeito de Planaltina – Terra de criança Feliz – o prefeito eleito em 2016 para administrar de 1º de janeiro de 2017 a 31 de dezembro de 2020, David Teixeira Lima, o popular Dr. Davi está retornando para assumir seu lugar de direito, conforme entendimento do Judiciário brasileiro.

Neste ínterim, o município de Planaltina sofreu horrores pela insegurança jurídica gerada, posto que a própria Justiça Eleitoral convocou Eleições Suplementares em 2018, quando do segundo turno das Eleições Presidenciais, elegendo e dando posse para Eles Reis de Freitas, que tomou posse em novembro daquele ano (13/11/2018), buscando organizar um governo que pudesse fazer frente aos muitos problemas que a municipalidade enfrenta, mas, sempre indo de encontro aos adversários políticos que, inclusive, em dezembro próximo passado, conseguiram tumultuar a administração, extinguindo o cargo de Reis e empossando o vice, João Gonçalves de Lima Neto, eleito nas mesmas Eleições Complementares.

Agora, no dia 04 de fevereiro, o TSE, julgando recurso interposto por Dr. Davi logra êxito com unanimidade, apoiando o parecer do ministro Edson Faquim que considera o recorrente inocente, retornando-o o direito de assumir a prefeitura da qual tinha sido apeado, segundo o TSE, ilegalmente pela Justiça local e regional.

Dr. Davi, ontem à tarde visitou o gabinete do qual havia sido sacado e lá encontrou o atual prefeito Reis, que já o aguardava, ciente da decisão judicial e, como era esperado pela sociedade, amigavelmente conversaram sobre a real situação da municipalidade, resolvendo que a transição será feita de forma pacífica, evitando-se maiores problemas para a máquina pública que já vem desgastada há vários anos, especialmente nos últimos quatro anos em que nada mais, nada menos que os nomes de Dr. Davi, Pastor André, Hernandes de Moraes, Reis, João Neto, Reis de novo e agora Dr. Davi estiveram no comando da municipalidade.

“Estamos vendo apreensivo, mas com fé de que o município acerte o caminho da união para podermos colher resultados administrativos.”, disse o presidente da Câmara de Vereadores, Salvador de Paula (PR).

O vereador Raimundo Good’s(PSB), vê a transição pacífica como a melhor forma de achar um caminho para a administração. “Vejo com bons olhos o que está acontecendo. Afinal, as disputas políticas não devem servir para impedir o prefeito de trabalhar”, observa o vereador.

A visita de Dr. Davi ao gabinete serviu para iniciar as conversas sobre a transição, oportunidade em que Davi fez-se acompanhar de Francilon Dias, que era Secretário de Comunicação de seu governo e agora faz parte da equipe de Reis como Secretário do Trabalho.

Deixe uma resposta