segunda-feira, maio 16, 2022
InícioPlanaltinaDECRETO 1095/2020 FAZ CONHECER FUNCIONALISMO PLANALTINENSE

DECRETO 1095/2020 FAZ CONHECER FUNCIONALISMO PLANALTINENSE

O município de Planaltina, distante da sede do governo federal em Brasília pouco mais de 70 quilômetros (rumo Norte), com área superior a 2000 km2, tendo como distritos os núcleos habitacionais de São Gabriel e Córrego Rico, cidade sede (Planaltina) com cerca de 100 mil habitantes, tem vivido período político conturbado desde, que mais de dez nomes passaram pela cadeira do executivo num período de pouco mais de 20 meses, até chegar neste final do período administrativo, iniciado a 01 de janeiro de 2017 com término para 31/12/2020, ficar sob a responsabilidade da vice-prefeita Maria Aparecida dos Santos a partir do final de 2019.

A Pastora Cida, como é conhecida, é mãe do presidente fundador do PROS – Partido Republicano da Ordem Social – Eurípedes Júnior, agremiação política nacional de origem planaltinense e cujas lideranças, especialmente Eurípedes, o Júnior, presidente do PROS sonha em estabelecer sua hegemonia na localidade, até como forma de mostrar que em sua casa o partido merece respeito. Oportunidade que agora não deve ser descartada e que poderá, dependendo das ações realizadas pela prefeita neste curto período de dez meses, consolidar uma nova fase do partido no município.

Agora no dia 10 deste, com publicação no dia 15, a prefeita Cida assinou o Decreto de nº 1095/2020, aonde considerando a necessidade de ter um diagnóstico mais atual do quadro de funcionários e ainda, pela necessidade de zelar pela coisa pública, convoca o funcionalismo para, presencialmente, comparecerem ao Departamento Pessoal de Recursos Humanos, órgão da Secretaria de Administração Municipal para a realização de recadastramento.

Acompanhando o Decreto apresenta uma lista dos cerca de 3.040 funcionários da municipalidade, dos quais cerca de 450 são funcionários diretamente do Executivo (gabinete), 639 da Secretaria da Saúde e outros 1950, aproximadamente, vinculados à Secretaria da Educação. Os funcionários comissionados ultrapassa a casa dos 320, sendo 114 do gabinete, 32 na área da saúde pública e 80 na secretaria municipal da Educação.

Frente ao momento da pandemia do Covid 19 a prefeitura preocupou-se em evitar aglomerações e estipulou as datas e horários para que cada funcionário possa ser atendido pelo RH e, para assegurar o comparecimento, ameaça não liberar o pagamento do mês trabalhado para aqueles que não atenderem as exigências exaradas no Decreto.

Nas redes sociais o funcionalismo tem sido contrário ao recadastramento, apontando a pandemia como principal obstáculo, no entanto a insatisfação, segundo membros do SINDIPLAG – Sindicato dos Servidores Municipais de Planaltina – “ocorre devido a ações implementadas pela administração desde que Cida tomou posse, buscando retirar benefícios dos trabalhadores e atender a muitos cargos comissionados, ocupados, inclusive, por pessoas que não são do município”, explicam.

A partir da próxima semana, como determina o Decreto 1095/2020 o Departamento competente irá receber centenas de funcionários, salvo decisão contrária, para apresentarem documentos e darem maior transparência para a administração no tocante ao funcionalismo planaltinense.

Os cursos de preparação continuada tem melhorado o trabalho do funcionalismo.
Professores são em maior número dentro do funcionalismo do município.
RELATED ARTICLES

Deixe uma resposta

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

ANA C M S FIGUEREDO on DESTAQUE SOCIAL – Aninha Macedo –
Rock sem partido on O CARNAVAL FOI LIBERADO?
Terezinha on CORETO ABANDONADO
Terezinha on CORETO ABANDONADO
Edson Campelo de Amiranda on Ponto de Vista É PRECISO POLÍTICOS LOCAIS
Antonio de Pádua on Sobre
Antonio de Pádua on Sobre
Ceiça Nascimento on Sobre
LUCIANA FREITAS on Sobre
Tatiana Mourão on Sobre
admin on Sobre
Evando Meneses on Sobre